Bem-vindo Convidado, Gentilmente Conecte-se | Registro

Gabriel manda o Arsenal para cima quando o Chelsea cai novamente

By - | Categories: EsportesEtiquetas:

Share this post:

Arsernal vs Chelsea O Arsenal voltou ao topo da Premier League quando Gabriel Magalhães selou uma vitória corajosa por 1 a 0 contra o Chelsea, depois que a missão de vingança de Pierre-Emerick Aubameyang caiu por terra no domingo. O time de Mikel Arteta conseguiu 11 vitórias em 13 jogos no campeonato graças a uma finalização à queima-roupa do zagueiro brasileiro Gabriel no segundo tempo em Stamford Bridge. Os Gunners estão a dois pontos do segundo colocado, o Manchester City, depois que os campeões conquistaram brevemente a pole position com uma vitória contra o Fulham no sábado. Com apenas uma rodada de jogos restantes antes da Copa do Mundo paralisar a Premier League, o Arsenal emergiu como um candidato genuíno para acabar com o controle do City no empate. Depois de vencer Tottenham e Liverpool em casa no início desta temporada, vencer no oeste de Londres foi outra declaração significativa do Arsenal, já que seu desafio inesperado ganha ritmo. Esta foi uma vitória ainda mais doce do que seus outros sucessos históricos neste semestre, pois veio às custas do ex-astro do Arsenal Aubameyang. Aubameyang foi anônimo em seu primeiro encontro com sua antiga equipe desde que foi destituído da capitania e vendido ao Barcelona em janeiro, depois que Arteta perdeu a paciência com os repetidos problemas disciplinares do atacante do Gabão. Exilar Aubameyang provou ser uma jogada inspirada por Arteta, já que o Arsenal parece um grupo muito mais unificado e determinado, sem o atacante mal-humorado. Vaiado pelos torcedores viajantes do Arsenal, Aubameyang estava tão abaixo do esperado que pode não demorar muito para que ele se torne indesejado no Chelsea também. O técnico do Chelsea, Graham Potter, também pode estar sentindo o calor logo após a série sem vitórias de seu time na liga se estender para quatro jogos com uma segunda derrota consecutiva na primeira divisão, provocando vaias dos torcedores dos Blues em tempo integral. O Chelsea, sétimo colocado, não tinha a urgência do Arsenal e agora está atrás dos líderes por 13 pontos, com até mesmo um dos quatro primeiros colocados longe de ser certo. O Arsenal não conquista o título desde os Invencíveis de Arsène Wenger em 2004, mas nenhuma equipe dos Gunners acumulou mais pontos nesta fase da era da Premier League. Autoridade e intenção Enfrentando o último teste de suas credenciais de título, os homens de Arteta estavam rapidamente em seu ritmo, sondando a defesa do Chelsea com autoridade e intenção. Ben White disparou por pouco da borda da área depois que um movimento fluído cortou a retaguarda dos Blues. Agarrando tigresticamente ao Chelsea, o Arsenal foi o primeiro a cada 50-50 bolas. Gabriel Jesus roubou Ruben Loftus-Cheek e a corrida ameaçadora do brasileiro levou-o para a área do Chelsea antes de Thiago Silva apagar o perigo com um sliding tackle soberbamente cronometrado. Aubameyang lutou para causar qualquer impacto e perdeu a calma com uma falta imprudente sobre White que ganhou uma reserva de Michael Oliver. Gabriel Martinelli era uma ameaça constante e seu cruzamento flutuado escolheu o Jesus não marcado, cujo rosto era uma imagem de frustração depois que seu cabeceio de mergulho errou o alvo de apenas seis jardas. A reserva de Aubameyang elevou a temperatura em um encontro cada vez mais conturbado. Bukayo Saka foi acusado de mergulho por Potter depois de não conseguir ganhar uma falta quando ele foi para o chão após uma barcaça de ombro de Marc Cucurella. Arteta se juntou a uma troca furiosa entre as duas comissões técnicas e Saka respondeu derrubando Cucurella momentos depois, quando o astro do Arsenal foi reservado. Tendo conseguido apenas quatro toques no primeiro tempo, Aubameyang finalmente teve uma visão de gol após um erro de William Saliba, mas o defensor do Arsenal se recuperou para bloquear o chute. Tocado por um passe hábil de Saka, Jesus obrigou a uma boa defesa de Edouard Mendy e do canto resultante o Arsenal saiu na frente aos 63 minutos. A defesa do Chelsea foi lamentável, já que a entrega de Saka foi perdida por três jogadores do Chelsea antes de Gabriel reagir mais rápido para cutucar a linha de gol. A visão de Aubameyang sendo substituído momentos após o gol de Gabriel só aumentou a alegria entre os torcedores do Arsenal amontoados em um canto do Shed End quando começam a sonhar com a glória do título.